quinta-feira, 30 de abril de 2009

sórdidos pensamentos


Há noites que eu não posso dormir de romorso por tudo o que deixei de cometer. M.Q.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Ilustre Visitante


Nesta quarta feira de um céu extremamente azul e iluminado recebi em meu ateliê a ilustre visita de um beija-flor.

Pequenas coisas que tornam nossos dias tão especiais.

Um lindo dia prá voce!

Ato e ação



Ato e Ação

Num repente as mãos querem seguir a mente.
Num ato brusco seguido de um suáve,
O desenho surge.
Sei lá de onde,
Mas está ali,
Agora eternizado nos riscos e rabiscos sobre a tela.
Busco assim uma razão,
Um motivo prá criar aquilo que sinto
Sem saber o que irá surgir,
Insisto nos traços,
E eis que surge do nado o fato.



Meu Mundo, Meu Avesso

Momento único
nascimento.



Minhas armas
alcanço o inatingível!




Lugar que nem Freud explica.
Onde a solidão se faz necessária,
e a loucura também!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Girassóis II


Impossível,
falar de girassóis
e não lembrar do mestre Van Gogh
e seu iluminado Girassóis.

Girassóis



O pátio de entrada emocionou-me: um jardim florido com dúzias circulares de girassóis, minha flor preferida!


Girassóis grandes, girassóis pequenos, girassóis médios!


Os nossos sóis eram girassóis que traziam a luz e a paz a cada pessoa que os admirasse.

domingo, 26 de abril de 2009

É domingo e o sol voltou!


É domingo, o dia que nasceu chuvendo deu lugar a um lindo sol, amarelinho e quentinho, o que me fez recordar de um pequeno texto de Adélia Prado que a muito tenho guardado e hoje vou dividir com voce.


"Uma ocasião, meu pai pintou a casa toda de alaranjado brilhante.

Por muito tempo moramos numa casa, como ele mesmo dizia, constantemente amanhecendo!"


Isto é sol gente!

Bom domingo de sol a todos.



Ops: tudo bem na foto a casa não é alaranjada, mas vai me dizer que não tem sol?! Olha só que cara de felicidade ela tem!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

...


Dia de All Star, calça jeans e camiseta............... é Sexta Feira!!!!!

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Dia a dia


Com a chuva que persiste em cair desde ontem, a vida continua, meio molhada mas tudo bem!

Eis que ontem por causa dessa mesma chuva esqueci de colocar comida para os passarinhos, e tenho aqui em minha casa um pardal que cada vez que me vê faz uma algazarra, veio até a porta da cozinha para lembrar-me que o comedouro estava vazio. Então só restou fazer sua vontade, água que Deus manda e uma boa molhada, mas meus passarinhos alimentados. Estavam lá, esperando: pardais, rolinhas e canários empuleirados no muro.

Foi colocar a ração e a festa estava pronta! Ai me perguntei: como pessoas podem prender esses bichinhos em gaiolas? Privá-los de sua liberdade, poderiam tê-los soltos, cantando felizes e fazendo parte do seu dia-a-dia, mostrando a voce que felicidade é isso, o passarinho que te dá um bom dia logo de manhã, a chuva que cai lavando e alimentando as plantas, o prazer de ver surgir um novo dia.

Chuva, passarinho, novo dia, eu, voce. Ah!!! Deus existe!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

sábado, 18 de abril de 2009

O barulho do silêncio


Estou sozinho, e nem por isso vou cortar meus pulsos e esvair em sangue.

Eu não!

Vou acender um cigarro, tomar algo e curtir o barulho do silêncio... na paz!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Hoje é sexta feira


Mais uma sexta-feira, dia que adoro por si só. Não preciso de um programa para ser um grande dia, basta ser sexta-feira. Algo neste dia me fascina, como se fosse um dia de festa. Eu acho que é isso... sexta feira lembra festa, e as melhores que já fui, aconteceram na sexta!

Então boa sexta feira prá voce, por que para mim já está sendo ótima.
AH!!! Não esqueça, sexta feira é um grande dia para prender o coração!

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Tempo Presente


Thich Nhat Hanh, um monge budista vietnamita, ensina como se deve apreciar uma boa xícara de chá. Para isso, voce precisa concentrar-se no momento presente, ficar consciente e com a atenção voltada para o chá. Sentir o calor da xícara, apreciar o colorido da infusão, aspirar seu perfume, degustar lentamente cada gole. Se voce fica remoendo eventos passados, ou preocupando-se com os futuros, de repente vai se dar conta de que bebeu todo o chá sem nem perceber.

A vida é como a xícara de chá.